Henrique Correia da Silva (?1560?-1644)


lagos-rua-HCS
A personalidade de que vou biografar neste artigo não tem nenhum monumento à altura do desempenho que teve na história de Portugal, e, nomeadamente, do Algarve. A única coisa que encontrei mais parecido com uma homenagem o facto de dar o nome a uma rua em Lagos, e pouco e nada mais.

Desde que o descobri pela primeira vez nos livros do capitão Anica, enquanto alcaide de Tavira e mais tarde governador do Algarve, e vindo referido noutras fontes, referindo que ele haveria acompanhado o cortejo funerário de um corpo que supostamente seria da malogrado D.Sebastião desde o Algarve até Lisboa, em 1581, logo a seguir à entrada de Filipe II de Castela para o trono português.

O que é curioso a respeito de Henrique Correia da Silva, é que ele esteve presente nos dois momentos em que Portugal perdeu e readquiriu a sua independência, para além de ter estado presente na batalha fatal, Henrique Correia da Silva foi alcaide-mor de Tavira – sucedendo ao pai –  e já perto dos oitenta anos recebeu o cargo de governador geral das Armas do Reino do Algarve, nomeado pelo último Filipe rei de Portugal. E, apesar de prestar vassalagem ao último Filipe, foi ele que acabou por aclamar o duque de Bragança como o primeiro rei de Portugal restaurado na cidade de Lagos.

Continuar a ler “Henrique Correia da Silva (?1560?-1644)”